Porque o MAU CHEIRO insiste mesmo lavando corretamente?

Embora muitas mulheres não gostem do cheiro da própria vagina, o fato é que uma vagina saudável não cheira mal (aliás, muitos homens garantem que ela tem um cheiro muito bom!). A flora vaginal está presente para mantê-la limpa e saudável, assim como os outros órgãos internos. O mau cheiro na região é resultado de infecções ou desequilíbrio da flora vaginal. Um médico deve ser consultado para resolver este problema.

Embora não exista parâmetros para dizer se está dentro da normalidade ou não, o cheiro da vagina muitas vezes pode incomodar. Além disso, alguns maus hábitos podem alterar o equilíbrio da flora vaginal e, consequentemente, causar odores desagradáveis.



A vagina saudável sempre exala um odor discreto em um momento ou outro. É normal. Se este cheiro natural é neutro ou não, é uma questão de julgamento pessoal. De fato, algumas mulheres notam seu odor quando não há odor notável detectado por seus parceiros.

Odor vaginal pode limitar a atividade sexual em um relacionamento, a mulher sente-se desconfortável, e o homem se torna um pouco distante. No entanto, a vagina tem um cheiro diferente que não é um problema.


Cada menina tem um cheiro especial na vaginal, é natural. Mesmo quando você notar uma diferença recentes em seu cheiro, não é necessariamente uma infecção. Essa mudança pode estar ligada a um momento específico do seu ciclo menstrual, pois o cheiro de sua vagina pode variar dependendo da época do ciclo.


No entanto, se as alterações de odor e torna-se fortemente desagradável (cheiro de peixe repugnante vaginal), essa mudança merece atenção, pois é talvez um sinal de uma grave infecção vaginal. Não tratada, esta condição pode não apenas causar problemas fisiológicos, mas também (stress), problemas emocionais e sociais (a pessoa se sente desconfortável ao pensar o odor é detectado por outros).


Uma das principais causas do cheiro vaginal, especialmente um odor que tem um cheiro de “peixe” é um desequilíbrio de bactérias ou vaginose bacteriana. Esta não é uma infecção per se, mas uma quantidade reduzida de leveduras naturais que contrabalançam as bactérias no organismo. A principal maneira de tratar esta condição não é por lavagens, o que pode realmente causar vaginose bacteriana. Em vez disso, as mulheres precisam ver procurar seu médico que possivelmente presceverá antibióticos para ajudar a reduzir as bactérias e restaurar o equilíbrio natural da vagina.


É normal ter cheiro na vagina?

É completamente natural que a vagina elimine secreções. Composta por células mortas e produtos da degradação do meio, ela naturalmente tem um cheiro e, de acordo com a ginecologista e obstetra Heloisa Brudniewski, nenhuma mulher deve se preocupar com este odor, que é suave e muitas vezes quase imperceptível e pode mudar de acordo com cada fase do ciclo menstrual. No entanto, quando ele estiver forte demais, diferente do habitual e causando incômodo, é sinal de anormalidade e hora de buscar orientação médica.

O que fazer para prevenir o mau cheiro
Algumas medidas podem ser tomadas para que o odor vaginal possa ser amenizado. Conheça algumas delas:

Evite limpeza em excesso
Como já vimos, a limpeza excessiva da vagina causa efeito contrário. Por isso, esqueça as duchas íntimas e os sabonetes vaginais, especialmente se o produto tiver cheiro. Use sabonete apenas quando seu ginecologista indicar, e ainda assim, apenas o que ele prescrever.

Prefira calcinhas de algodão
Calcinhas de renda podem deixar seu parceiro louquinho, mas previra, no dia a dia, às calcinhas 100% algodão. Também evite as de nylon, lycra ou material sintético. Elas não favorecem a transpiração da vagina e podem provocar odor na região.

Faça banhos de assento
Essa é uma dica da vovó: Fazer banhos de acento com água morna e vinagre de maçã – um dos melhores antibacterianos naturais – ajuda a eliminar qualquer mau cheiro na vagina. Encha uma banheira até a metade e coloque três xícaras de vinagre de maçã. Sente por 20 minutos nesta água e em seguida tome banho normalmente.


Fique de olho em infecções e doenças. Essas são as principais causas do mau cheiro na vagina. Exemplos de infecções e doenças incluem infecções bacterianas e fúngicas (as causas mais comuns), doenças ou infecções sexualmente transmissíveis ou vírus como o herpes. Até mesmo problemas muito mais sérios como certos tipos de câncer ou rupturas internas podem causar mau cheiro. Você vai precisar prestar atenção nos sinais que o seu corpo emite para poder identificar sintomas. Caso você ache que o cheiro da sua vagina está estranho, vale consultar um médico.


Esteja ciente de que algumas práticas sexuais podem causar mau cheiro na vagina. Qualquer bactéria que não pertença à delicada flora vaginal pode afetar a saúde da região. Algumas práticas são mais prejudiciais, como o sexo anal antes do vaginal, sexo oral e o uso de objetos ou alimentos na hora da penetração.

Caso queira praticar esses tipos de sexo, use preservativos e troque-os após cada atividade.

Tenha cuidado na hora da higiene íntima. Se a limpeza não for bem-feita, pode haver um acúmulo de sujeira e bactérias ao redor da vagina. Isso pode causar mau cheiro, mas não necessariamente uma infecção. Caso você queira diminuir o cheiro, mantenha o seu corpo e suas roupas sempre limpas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PUBLICIDADE

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...