Três maneiras de reduzir a retenção de líquidos no organismo


Transitória ou recorrente, a retenção de fluídos é incomoda, mas há como amenizar



Quem nunca sofreu com a retenção de líquidos? Essa condição incômoda pode atingir qualquer pessoa, mas são as mulheres as que mais sofrem. Em casos moderados, o problema pode ser amenizado e, até resolvido em três passos: vigilância do consumo do açúcar e do sal, controle alimentar, exercícios e massagem.

Antes de mais nada, é preciso saber o que é e como ocorre a retenção de líquidos no organismo. O inchaço é comum entre as mulheres antes do período menstrual, mas também atinge os homens, independente da idade.

A retenção de líquidos nada mais é do que o excesso de fluídos que não são eliminados adequadamente pelo organismo.

Quando isso ocorre, o inchaço resulta em uma série de desconfortos que, se não forem revertidos, podem prejudicar a saúde.

Quando há fluídos em excesso no corpo:


  • As articulações do quadril, os seios e os membros inferiores e superiores ficam doloridos
  • Você fica com a região abdominal sensível e sente dores
  • Suas roupas podem ficar mais apertadas em questão de horas
  • Há deformidade nos membros superiores e inferiores, que podem apresentar tamanho diferente





Há uma variedade de explicações sobre o porquê do excesso de fluídos nos tecidos corporais. A principal é o desequilíbrio hormonal. É por isso que essa condição é mais associada às mulheres, porque a variação hormonal na idade reprodutiva ocorre, praticamente, todos os meses antes do período menstrual.

Após a ovulação e antes de menstruar, a mulher recebe uma sobrecarga de progesterona no sangue. Isso é natural, mas influencia na retenção de líquidos.

As que se utilizam do contraceptivo hormonal também tendem a reter mais líquidos no organismo. É por isso que as mulheres que usam anticoncepcionais devem vigiar a rotina alimentar e praticar exercícios regularmente.

Mesmo sendo as mais propensas a reter líquidos, as mulheres em idade reprodutiva não são as únicas a sofrer com isso. Essa condição também está associada a:

  • Má postura – permanecer muitas horas na mesma posição, seja deitado, em pé ou sentado
  • Excesso de peso
  • Vida sedentária

Vamos lá! Conheça três formas de amenizar e, até melhorar a retenção de líquidos

1 – Reduza a ingestão de sal e de açúcar na sua dieta

Se for possível, elimine totalmente a dupla, já que a maioria dos alimentos já contém os níveis adequados de nutrientes e sais minerais que você necessita.

Agora, se não consegue abrir mão do sabor, opte por apresentações menos agressivas, como o sal marinho e o açúcar mascavo.

Mas atenção, se a condição de reter líquidos é constante, o sal deve passar longe de você, porque o sódio é o responsável por impedir a drenagem de fluídos dos tecidos.

2 – Controle a dieta

Não é só tirar o sal e controlar o açúcar. Quem sofre com a retenção de líquidos precisa adotar uma dieta saudável, com alimentos que ajudam a drenar os fluídos.

Procure inserir na sua dieta frutas frescas como, banana, melancia, abacaxi e melão, que atuam como diuréticos. O pepino, cebola e couve têm função semelhante.

Aumente a ingestão de líquidos e inclua chás diuréticos e água de coco que, além de saborosos, melhoram a drenagem dos fluídos.

3 – Mexa-se e faça massagens

É isso mesmo! Escolha a atividade física mais confortável para você e abandone o sedentarismo. Quando você se exercita, ativa a circulação e melhora a drenagem dos fluídos.

Esses benefícios são proporcionados, principalmente, pela atividade aeróbica, como caminhada e corrida.

Se você trabalha muitas horas na mesma posição, levante a cada 60 minutos e faça pequenas caminhadas. Experimente também fazer alongamentos leves.

Tente aliviar o desconforto que a retenção de líquidos fazendo a drenagem manual. Essa é uma massagem que ajuda a retomada da circulação sanguínea e reduz o inchaço. Você pode fazer isso com um profissional, mas também é possível aplicar os movimentos básicos.

Compreenda melhor a massagem no vídeo abaixo:




Compartilhe essa dica!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PUBLICIDADE

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...